quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Porquinho-da-Índia

Quando eu tinha três anos
Ganhou um porquinho-da-índia.
Que dor de coração me dava
Porque o bicho só queria estar comigo no colo
Me levava pros lugares mais chatos da casa
Pros lugares mais claros mais barulhentos
Eu não gostava:
Queria estar naquele meu canto de chão.
Não fazia caso de nenhuma das suas torturinhas...

- O meu menino era um chato, não era da Índia, não me amava,
não sabia namorar.

Nenhum comentário: