segunda-feira, 26 de maio de 2014

Todas Numa

Acássia no cheiro
Bruna nos pelos
Clara na pele
Dolores no peito
Estela nos olhos
Flores nos lábios
Glória no rosto
Hortência no gosto
Ilária no gesto
Janaína no feitiço
Lívia a luz da lua lisa: Luíza

Margarida num sorriso amarelo
Nivea num sorriso sincero
Odara na paz que transmite
Plácida quando se permite
Querubina
Régia Regina
Salvadora Safira
Tulipa: taça de lida
Uma entre mil
Vitória no meio fio,
Xica quando fica,
Zoé
como a vida quer.


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Dependência (A gente pensa)



a gente só pode falar o que o patrão manda
a gente só pode amar quando o outro ama
a gente só pode gozar com outr@ na cama
a gente não pode esperar se a pressa alcança
a gente não sabe cantar se para a banda
a gente não sabe berrar se a comida chega
a gente não sabe ir pra guerra se o inimigo arrega
a gente só sabe encontrar o que não é exposto
a gente só pode encontrar o que está no outro
a gente só pode embalar quando for criança
a gente só pode de ir a missa de corpo presente
a gente só quer o remédio se se souber doente

Brasil Moderno


Novela: não vê-la
Sertanejo: certo nojo
Universtitário: Universo Otário
Copa: tropa
Manifestação: infestação
Big Brother: Grande bode
Veja: Espia
Bolsa: pouca
Família: Humilha
Funk: Punk!
Rolê: não lê
Shopping: Stoping
Política: Paralítica